Mário Rodrigues: a narrativa de ‘Crime e castigo’ e o gênio pensante do ex-estudante Raskólnikov

Ilustração/Reprodução
Ilustração/Reprodução

Por Mário Rodrigues**

18/10/2013 – Quem, quem é que já não pensou em ser um Raskólnikov? Falo sério. Mesmo sem saber, mesmo sem saber exatamente do tal. Mesmo sem saber de seu gênio pensante e incômodo.

Raskólnikov, o perigote das velhinhas ordinárias. Falo de Raskólnikov, o ex-estudante; o protagonista que não tem paciência pra salas de aula. Raskólnikov, um ser que perambula pelas ruas de São Petersburgo e, ao mesmo tempo, subsiste num cubículo que mal cabe três pessoas.

A nota de hoje vale pra quem (ainda) não leu “Crime e castigo”, de Fiodor Dostoiévski. Um dos livros maiores da literatura russa e mundial, e que é fonte pra meio mundo de escritores, inclusive brasileiros. Clarice, Graciliano, Nelson Rodrigues foram bons parafraseados de Dodô.

Basicamente, a obra russa traz a história de um jovem – Raskólnikov, Raskólnikov – que mata uma velhinha agiota e sua irmã infeliz. O herói quer porque quer provar que um ser (extraordinário) pode matar outro (ordinário) e receber o perdão da humanidade – ele pensa em Napoleão Bonaparte como referência… Abreviemos: não se trata necessariamente de morte física, nobres denotativos de plantão.

Se trata… bem, dê um tapa estralado em si ou na cara de um ser ordinário, e você, figura, logo terá uma boa amostra moral. De resto, é ler ou reler o livro. Uma facilidade, esta estratégia de entendimento. Tal a quantidade de gente ordinária que existe no mundo. Tal a quantidade de gente sem sensibilidade de mundo. Tal tal…

** Mário Rodrigues é jornalista aposentado e colaborador do blog Pró-Leitura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s